Voto por corte do Fed em 3 de janeiro foi unânime

No dia 3 de janeiro, bem antes da reunião do Comitê de Mercado Aberto do Federal Reserve (Fomc) marcada para o final do mês, as autoridades monetárias debateram através de uma "conference call" e votaram, por unanimidade, por um corte de 0,50 ponto porcentual na taxa dos Fed Funds. Segundo as minutas da reunião do Fomc, as autoridades monetárias disseram que a atividade industrial norte-americana havia se tornado "especialmente fraca", com muitas indústrias preocupadas em reduzir os estoques que estariam muito elevados. "No geral, as informações que tínhamos em mão indicavam que a expansão claramente havia se enfraquecido; e de uma forma mais acentuada do que havia sido antecipado", concluiu o Comitê, segundo as minutas da "conference call" de 3 de janeiro. "Nessas circunstâncias, era necessária uma ação rápida e firme da política monetária, mais cedo e agressiva do que as expectativas dos mercados financeiros". As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.