Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Votorantim fecha captação de US$ 80 milhões no mercado externo

O Banco Votorantim fechou nesta quinta-feira a captação de US$ 80 milhões no mercado externo com a emissão de eurobônus de dois anos e meio. Trata-se da operação mais longa realizada neste ano por banco ou empresa brasileira no exterior. O yield (retorno) da emissão ficou em 7,5% ao ano, no nível inferior do intervalo oferecido pela instituição financeira, que era de 7,5% a 7,75% ao ano. O cupom (juro nominal) foi de 7,25% ao ano.O diretor de Tesouraria do Votorantim, Pedro Mollo, avalia a operação como muito positiva, já que, apesar do prazo longo, a demanda foi superior à oferta inicial, que era de US$ 50 milhões. Ele afirmou que o sucesso da emissão de títulos do governo brasileiro na última terça-feira, no valor de US$ 1 bilhão, teve influência positiva na operação do banco. "Aproveitamos as sobras das ordens de investidores que queriam comparar os títulos soberanos."O Votorantim pretendia fechar a captação ontem pela manhã, mas resolveu deixá-la aberta por mais um dia para atender esses investidores. "Só ontem (quarta-feira) conseguimos vender US$ 25 milhões em títulos." Os papéis, com prazo de dois anos e meio, têm vencimento em 9 de novembro de 2005. Os recursos captados entram no País no dia 9 deste mês e serão repassados como crédito a empresas brasileiras clientes do banco. Essa é a quarta captação do Votorantim no mercado internacional em 2003 - ao todo a instituição já obteve US$ 480 milhões. O líder da operação fechada hoje foi o UBS Warburg.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.