VW Caminhões fará 400 novas contratações em 2008

A Volkswagen Caminhões e Ônibus e o grupo de empresas parceiras - chamado de Consórcio Modular - vão contratar 400 novo funcionários em 2008. O anúncio foi feito hoje pelo presidente da empresa, Roberto Cortes, ao governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, em audiência no Palácio Guanabara. Anteontem, o executivo anunciou investimentos de R$ 1 bilhão no período 2008 e 2012 para ampliação da capacidade produtiva na fábrica de Resende (RJ) e desenvolvimento de novos produtos e novas tecnologias que otimizem o consumo de combustível e preservem o meio ambiente."Quisemos anunciar essas contratações em primeira mão ao governador Sérgio Cabral em retribuição a seu apoio para que a indústria fluminense crescesse ainda mais este ano. E também por sua gentileza em ter feito em nossa fábrica de Resende a sua primeira visita como governador eleito do estado do Rio de Janeiro", disse Cortes em comunicado.Tanto Cabral como Lula já confirmaram suas presenças na inauguração do Centro Logístico que está sendo construído ao lado da fábrica de Resende e que ficará pronto em março.Em franca expansão, a Volkswagen Caminhões e Ônibus bateu neste ano a marca dos 200 veículos produzidos ao dia. Para 2008, a previsão é que o número poderá chegar a 240 unidades, dependendo da manutenção do atual quadro de aquecimento de vendas. Com linhas de montagem no Brasil, na Colômbia, no México e na África do Sul, a montadora fabrica 29 modelos de caminhões e dez modelos de ônibus. Seus produtos são vendidos em mais de 30 países da América Latina, África e Oriente Médio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.