Wal-Mart tem lucro maior no 1o trimestre

O Wal-Mart Stores, maior rede devarejo do mundo, anunciou nesta terça-feira lucro trimestralmaior, impulsionado por consumidores norte-americanos quebuscaram preços menores em itens de primeira necessidade comoalimentos e medicamentos. O lucro líquido subiu para 3,02 bilhões de dólares, ou 0,76dólar por ação, no primeiro trimestre encerrado em 30 de abril.Um ano antes, o resultado havia sido positivo em 2,83 bilhõesde dólares, ou 0,68 dólar por ação. No mês passado, o Wal-Mart informou que o lucro do primeirotrimestre ficaria entre 0,74 a 0,76 dólar por ação, umaelevação ante estimativa inicial de ganho de 0,70 a 0,74 dólarpor ação. Consumidores estão buscando preços menores na redevarejista, especialmente nos setores de consumo básico comomantimentos, xampu e produtos de limpeza, pressionados porredução na atividade econômica dos EUA e disparada dos preçosdos combustíveis. A redução no ritmo econômico acontece em um momento em queo Wal-Mart se voltou para o básico, alardeando preços baixos ereduzindo seus agressivos planos de crescimento, para melhorarresultados de lojas nos EUA. As ações da rede de varejo subiram 22 por cento este ano,enquanto a rival de menor porte Target acumula valorização dequase 7 por cento e o índice de ações do setor de varejo daStandard and Poor's tem queda de 1 por cento. (Por Nicole Maestri)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.