Wal-Mart vai abrir novos centros de distribuição no Brasil e China

O Wal-Mart, maior varejista do mundo, afirmou nesta quarta-feira que vai abrir novos centros de distribuição no Brasil e na China e que planeja investir entre 1,2 bilhão e 1,5 bilhão de dólares em comércio eletrônico globalmente em 2015.

REUTERS

15 de outubro de 2014 | 17h19

A empresa também divulgou corte na previsão de vendas do ano por causa da valorização do dólar e impacto maior que o esperado da redução no ano passado do programa de auxílio-alimentação do governo norte-americano.

(Por Siddharth Cavale e Devika Krishna Kumar, em Bangalore, Índia)

Tudo o que sabemos sobre:
VAREJOWALMARTCD*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.