carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Wall St fecha em alta após Fed mostrar otimismo sobre economia

As ações dos Estados Unidos fecharam em alta nesta quarta-feira, com o índice Dow Jones encerrando em nova máxima histórica, após o Federal Reserve, banco central norte-americano, demonstrar otimismo sobre as perspectivas econômicas ao anunciar novo corte em seu programa de compra de títulos.

CAROLINE VALETKEVITCH, Reuters

30 de abril de 2014 | 17h48

O índice Dow Jones avançou 0,27 por cento, para 16.580 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve valorização de 0,30 por cento, para 1.883 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,27 por cento, para 4.114 pontos.

No mês, o Dow Jones subiu 0,7 por cento e o S&P 500 subiu 0,6 por cento, enquanto o Nasdaq caiu 2 por cento.

Investidores deixaram de lado dados mostrando crescimento econômico fraco dos EUA no primeiro trimestre por conta do inverno rigoroso, que afetou as exportações e os investimentos.

O Fed anunciou em comunicado que vai reduzir suas compras de bônus mensais para 45 bilhões dólares, ante os atuais 55 bilhões de dólares, conforme esperado, mantendo o curso para acabar com o programa já em outubro.

A avaliação do Fed reforçou a visão de que fraqueza do crescimento no primeiro trimestre deve-se às condições climáticas adversas no período, disseram analistas.

"Eles estão vendo alguma retomada da atividade após a desaceleração durante o inverno", disse o analista-sênior de ações da Schaeffer's Investment Research, Joe Bell. Isso "é um sinal positivo."

Nove dos 10 setores do S&P 500 terminaram no azul, conduzidos pelo setor de matérias-primas, que registrou alta de 0,8 por cento. A ação da Exxon Mobil, que subiu 0,9 por cento, liderou os ganhos do S&P 500.

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHAFINAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.