Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Wall Street elogia visão cautelosa sobre cenário externo

As citações sobre o cenário externo contidas na ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) foram consideradas apropriadas por analistas de Wall Street. Em diversos parágrafos, a ata faz referência à incerteza derivada da turbulência dos mercados financeiros globais, que se agravou em agosto.No parágrafo 7, por exemplo, o Copom avalia que, até o momento, a confiança dos consumidores brasileiros não parece abalada pelo aumento da volatilidade no mercado financeiro, mas reconhece que "o cenário externo se tornou mais incerto do que se apresentava na reunião anterior, e que as mudanças de sentimento e o aumento de percepção de risco devem ser monitorados de perto".Uma mudança na linguagem relacionada ao cenário externo ganha destaque. Em julho, os membros do Copom citavam no parágrafo 23 da ata que a contribuição do cenário externo mitigava os riscos prospectivos para a inflação. No documento divulgado ontem, no parágrafo 24, embora os diretores afirmem que não representa risco iminente para as perspectivas de inflação, eles avaliam que "a contribuição do setor externo para um cenário inflacionário benigno pode estar se tornando menos efetiva". As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

AE, Agencia Estado

14 de setembro de 2007 | 08h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.