Werther Santana/Estadão Conteúdo
Werther Santana/Estadão Conteúdo

Com novo dono, Walmart aposta no atacarejo

A reinauguração é o primeiro movimento para retomada de crescimento da companhia depois que ela passou a ser controlada pelo fundo americano de investimentos Advent

Marcia De Chiara, O Estado de S.Paulo

08 de maio de 2019 | 14h29

Depois de passar a ser controlado pelo fundo americano de investimentos Advent, o Walmart faz agora o primeiro movimento para retomada de crescimento da companhia. A empresa reinaugura na próxima quinta-feira, 9, a primeira loja conceito do Maxxi, a bandeira de atacarejo do grupo, em Diadema (SP), totalmente remodelada.

“Queremos voltar ao jogo do atacarejo”, diz Beto Alves, diretor executivo de Atacado do Grupo. Sem revelar as cifras investidas nem metas de vendas, ele diz que companhia pretende reformar as 43 lojas da bandeira Maxxi e transformar mais dez lojas de hipermercado em atacarejo.

Essa é a meta até o final de 2020, mas segundo executivo, egresso do Atacadão, esse movimento poderá ser concluído antes desse prazo. Para dar cara nova ao Maxxi, a companhia fez reformulações internas, agregou mais 2,5 mil itens vendidos na loja, chegando a quase 6 mil, e designou uma equipe dedicada às compras do Maxxi para ter mais competitividade de preços.

Tudo o que sabemos sobre:
Walmartvarejocomércio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.