Hélvio Romero/ Estadão - 3/3/2015
Hélvio Romero/ Estadão - 3/3/2015

Walter Torre, fundador do grupo WTorre, morre aos 64 anos em São Paulo

O empresário e engenheiro ficou conhecido pelos projetos da construtora, como o Allianz Parque, a arena do Palmeiras; ele foi vítima de uma parada cardiorrespiratória

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de dezembro de 2020 | 18h55

O engenheiro e empresário Walter Torre Jr., fundador do grupo WTorre, morreu nesta sexta-feira, 11, em São Paulo, vítima de parada cardiorrespiratória. Ele tinha 64 anos, e ficou conhecido pelos projetos da construtora, presentes nas maiores cidades do País. Um dos mais emblemáticos é o Allianz Parque, a arena do Palmeiras, em São Paulo, que permanece sob gestão da WTorre.

Outro de seus empreendimentos prediletos era o Parque do Povo, construído como compensação pelo impacto causado no tráfego da região dos Itaim, com a construção do complexo shopping JK Iguatemi, com duas torres. O próprio complexo é uma das referências da nova arquitetura que tomou conta da região, nos últimos anos.

 "Gosto de projetos de mobilidade", disse Torre há quase quatro anos, em entrevista ao Estadão.

Torre fundou a construtora em 1981 e viu seu negócio crescer rapidamente, com a entrada no segmento de galpões logísticos na beira de vias importantes ao redor de São Paulo. O empresário foi precursor no Brasil do mercado de build-to-suit, em que um galpão é construído sob especificação para o cliente com contratos de longo prazo. A modalidade era uma das especialidades da empresa, que construía sob medida, por exemplo, soluções de armazenagem e transporte de cargas. A companhia construiu galpões para grandes empresas no Brasil, como Casas Bahia, Volkswagen e Carrefour

Nas décadas seguintes, avançou nos mercados de imóveis corporativos, residenciais e multiúso. Também fez obras de infraestrutura, como um terminal de cargas no Porto de São Luis. A companhia chegou a ter o nome citado nas operações Lava Jato e Greenfield.

Entre os projetos de destaque da WTorre estão também o Centro Empresarial Senado, no Rio, e o WTorre Plaza, em São Paulo. Em reestruturação financeira nos últimos anos, o grupo WTorre vinha se voltando para o essencial, novamente com foco centrado em projetos relacionados a logística. 

Walter Torre deixa a esposa, Silvia Torre, e três filhos. A fim de evitar aglomerações, velório e sepultamento serão reservados a um pequeno grupo de familiares.

Em nota oficial, o Palmeiras destacou a importância do empresário para a história do clube. As obras do Allianz Parque tiveram início em 2010 e o estádio foi inaugurado em 2014.

“É com profundo pesar que informamos o falecimento de Walter Torre, o homem que foi decisivo na viabilização da arena que se tornou um marco da cidade de São Paulo, o Allianz Parque”, afirmou o clube.

Além do Allianz Parque, WTorre planejou em parceria com o Santos, seu time de coração, um projeto de uma arena na Vila Belmiro, que teria capacidade para 25 mil torcedores e custaria mais de R$ 200 milhões. O anúncio foi feito em outubro deste ano.

 

Tudo o que sabemos sobre:
WtorreAllianz ParqueWalter Torre Jr

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.