Lucas Jackson/Reuters
Lucas Jackson/Reuters

Warren Buffett deixará conselho da Kraft Heinz

O conselho de administração pretende nomear Alexandre Van Damme como candidato ao posto

Agências internacionais, O Estado de S.Paulo

23 Fevereiro 2018 | 23h59

O bilionário Warren Buffett, de 87 anos, vai deixar o conselho de administração da Kraft Heinz ao fim de seu mandato, em abril deste ano, informou a companhia nesta sexta-feira, 23. De acordo com comunicado, a decisão foi motivada pelo desejo de Buffett de diminuir suas viagens.

O conselho de administração pretende nomear Alexandre Van Damme como candidato ao posto de Buffett na eleição que acontece na assembleia anual da companhia, em 23 de abril.

A Kraft Heinz foi resultado de uma fusão, em um acordo de US$ 100 bilhões orquestrado por Buffet e pela 3G Capital, em 2015. O investidor americano, dono da holding Berkshire Hathaway – com investimentos significativos na IBM e na Coca Cola –, é o maior acionista da empresa, com 26,8%. O 3G Capital, gigante do private equity fundado pelo trio brasileiro Jorge Paulo Lemann, Carlos Alberto Sicupira e Marcel Telles, vem logo em seguida, com fatia de 23,9%.

++ Milionários Warren Buffet, Jeff Bezos e Jamie Dimon criam empresa de saúde nos EUA

Recusa. Em fevereiro do ano passado, a Kraft Heinz fez uma oferta de US$ 143 bilhões pela rival anglo-holandesa Unilever, que foi imediatamente recusada. Na época, a Kraft informou que, mesmo com a recusa da rival, acreditava que será possível chegar a um consenso no futuro – isso, no entanto, não ocorreu até agora.

Depois de o próprio comando da Kraft Heinz admitir que os resultados da companhia ficaram aquém do esperado no ano passado, o mercado financeiro continua a esperar que a “máquina de aquisições” volte a se mover e escolha um novo alvo. / AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Mais conteúdo sobre:
Warren Buffett

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.