Wikipédia quer expandir operação no Brasil

Os dez anos da enciclopédia virtual Wikipédia, completados no último dia 15, foram comemorados pelo seu fundador Jimmy Wales com a promessa de expansão para os países em desenvolvimento. A vinda do diretor-gerente Kul Wadhwa ao Brasil faz parte desses planos.

Alexandre Mello, O Estado de S.Paulo

22 de janeiro de 2011 | 00h00

Na tarde de ontem, horas antes de realizar sua palestra na Campus Party, Wadhwa conversou com os jornalistas e falou sobre a parceria com a Telefônica - que já existe há um ano na Espanha. "Não há dinheiro envolvido. Nós pretendemos contar com a tecnologia da empresa para adicionar novos recursos ao Wikimedia, tais como vídeos e aplicações móveis. E, por outro lado, a parceria conosco se torna um diferencial para a Telefônica", ressaltou.

O diretor-gerente da Wikimedia Foundation/Wikipedia disse que a expansão nos países em desenvolvimento será nessa ordem: Índia, Brasil, Oriente Médio e África do Sul. O intuito é criar escritórios e ampliar sua rede de voluntários locais. No Brasil, o executivo já está conversando com universidades. "Falamos recentemente com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) para que os professores e estudantes incluíssem material em português."

Criada no ano 2000, a Fundação Wikipedia tem como meta universalizar o conhecimento por meio de conteúdo colaborativo. Em dez anos, o site conseguiu chegar entre os dez mais populares do mundo, com 400 milhões de usuários e 17 milhões de verbetes. Mais impressionante que isso, só mesmo o número de funcionários efetivos: apenas 64.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.