coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Xerox reverterá US$ 1,9 bi em receitas

A Xerox Corp. vai reverter US$ 1,9 bilhão em receitas passadas, o que será reconhecido em resultados futuros começando em 2002, na republicação de balanço prevista para esta sexta-feira. A companhia planeja entregar hoje o formulário de 2001, relatório anual exigido pela Securities & Exchange Commission (SEC) - a CVM nos EUA -, que prevê a divulgação total de resultados e a receita operacional antes da tributação, bem como vendas por diferentes classes de produtos, para cada uma das diferentes linhas de negócios da empresa e para cada um dos últimos cinco anos.O formulário inclui ajustes referente ao período de 1997 a 2001 e reflete mudanças na conta de leasing da companhia, segundo norma contábil financeira dos EUA. "Aproximadamente US$ 1,9 bilhão da receita que foi reconhecida nos últimos anos foi revertida e será reconhecida nos resultados futuros, com início em 2002", disse a empresa. Entre 1997 e 2001, a Xerox disse que reverteu um total de US$ 6,4 bilhões em receita com venda de equipamentos, contrabalançada por uma receita de US$ 5,1 bilhões que "foi reconhecida e registrada durante o mesmo período como receita sobre serviços, aluguel, terceirização e financiamento".Segundo o porta-voz da Xerox, a receita inclui US$ 600 milhões em receita de leasing recebida antes de 1997. A receita entre 1997 e 2001 foi reduzida em 2% para US$ 91 bilhões. A Xerox disse que essa reversão de US$ 6,4 bilhões de receita sobre vendas de equipamentos foi maior do que o inicialmente estimado, devido à mudança na contabilização de leasing da companhia na América Latina.O lucro antes dos impostos durante o período de cinco anos recuou US$ 1,4 bilhão no total, dos valores divulgados anteriormente, disse a Xerox. O patrimônio dos acionistas foi reduzido em US$ 1,3 bilhão no final de 2001. A empresa espera apresentar o formulário sobre o primeiro trimestre de 2002 na próxima segunda-feira, 1 de julho, incorporando revisões aos resultados preliminares divulgados em 24 de abril. Em abril, a Xerox anunciou um prejuízo no primeiro trimestre de US$ 64 milhões (US$ 0,09 por ação).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.