Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Xerox vai demitir mais 2.400

A Xerox planeja demitir mais 6% da força de trabalho nos Estados Unidos e Canadá, como parte do programa de reestruturação que vai resultar em encargos antes de impostos de US$ 350 milhões a US$ 400 milhões no quarto trimestre. Em comunicado, a fabricante de copiadoras afirmou que vai demitir mais de 2400 funcionários durante os próximos três meses. Isso além dos 1.600 trabalhadores dispensados no terceiro trimestre. Com mais esse corte, 3.850 funcionários deixarão a empresa nos dois países e, no mundo todo, o quadro de pessoal contará com 67.500 pessoas.Os números para o restante da força de trabalho da companhia se baseia em um quadro de 40.900 funcionários nos Estados Unidos e Canadá e de 69.900 trabalhadores no mundo até 30 de setembro, de acordo com o porta-voz da companhia, Bill Mckee. Cortes adicionais na Europa e em mercados emergentes dependem ainda de consultas e conversações com comitês de trabalhadores e com autoridades desses países.

Agencia Estado,

19 de novembro de 2002 | 17h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.