Yahoo! diz continuar pronto a negociar com Microsoft

'Se a Microsoft e Steve Ballmer realmente quer comprar o Yahoo!, nós os convidamos novamente a fazer oferta'

Patrícia Fortunato, da Agência Estado,

07 de julho de 2008 | 13h18

O conselho de administração do Yahoo!, em resposta à carta aberta do acionista Carl Icahn, diz que continua pronto a entrar em negociações com a Microsoft e convida a fabricante de softwares a fazer oferta de compra. "Se a Microsoft e Steve Ballmer (diretor-executivo, ou CEO) realmente querem comprar o Yahoo!, nós os convidamos novamente a fazer oferta imediatamente", diz a carta do conselho do Yahoo!. No documento, o site de buscas também diz que, em junho, sua administração e os diretores independentes procuraram Ballmer para uma transação "deste tipo" (oferta de compra), mas foram informados de que a "Microsoft não estava mais interessada". Agora, Ballmer e Icahn se uniram em um aparente esforço para obrigar o Yahoo! a vender seu serviço de buscas para a Microsoft por um preço a ser determinado em negociação "futura" entre diretores de Icahn e a administração da Microsoft. "Acreditamos fortemente que isto não levará a um resultado que seja do melhor interesse dos acionistas do Yahoo!", diz a carta. Mais cedo, Icahn, que entrou numa batalha para vender o Yahoo! para a Microsoft, divulgou carta dizendo que Ballmer não consegue negociar com o atual conselho do site de buscas e na qual diz que a Microsoft estaria interessada em negociar com um novo conselho.

Mais conteúdo sobre:
MicrosoftYahoo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.