Yahoo vai abandonar operação na Coreia do Sul

O Yahoo anunciou ontem que vai encerrar as suas operações na Coreia do Sul, ressaltando as dificuldades da companhia para enfrentar o Google e rivais sul-coreanos que vêm se expandindo de forma agressiva nos segmentos de publicidade móvel e serviços online.

SEUL, O Estado de S.Paulo

20 de outubro de 2012 | 03h10

Sem brilho. A Coreia do Sul é o primeiro país asiático que o Yahoo está abandonando, segundo a empresa. Pioneiro da indústria, o Yahoo tem sido ofuscado por rivais globais como Facebook e Google nos últimos anos.

"O Yahoo tem enfrentado diversos desafios nos últimos dois anos e decidiu sair do mercado coreano para destinar mais recursos às operações globais e se tornar mais poderoso e bem-sucedido", afirmou a companhia em comunicado.

As operações do Yahoo na Coreia, que tiveram início em 1997, contam com algo entre 200 e 250 funcionários e serão encerradas em dezembro, segundo comunicado apresentado pela empresa ontem em Seul. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.