Yahoo! volta a defender acordo com Google

O portal de internet Yahoo! enviou hoje documento à comissão de valores mobiliários americana (SEC - Securities and Exchange Comission) no qual afirmou que o acordo com o site de buscas na internet Google melhora o plano estratégico e coloca a companhia no caminho mais rápido para criação de valor. No documento, a companhia de internet lançou dúvidas sobre o comprometimento da Microsoft em adquiri-la totalmente. Antecipando-se em relação à reunião de acionistas de 1º de agosto, o Yahoo! afirmou que a Microsoft não respondeu a vários de seus pedidos e que suas ações e declarações foram inconsistentes.De acordo com o documento, o acordo com o Google deve gerar entre US$ 250 milhões e US$ 450 milhões nos primeiros 12 meses após sua implementação, tornando o Yahoo! capaz de aperfeiçoar sua relação com o Google e de reforçar sua posição no mercado de busca e publicação de anúncios online.O Yahoo! também criticou a tentativa do investidor Carl Icahn de elaborar uma lista de candidatos a diretores, dizendo que a "agenda mal definida" do investidor é baseada na venda da companhia para a Microsoft, apesar da falta de interesse da gigante de software em uma compra total. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.