finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Yara e CF negociam fusão para criar gigante global de fertilizantes

A norueguesa Yara e a norte-americana CF Industries estão negociando uma fusão que poderia criar uma produtora global de fertilizantes de 27 bilhões de dólares, rivalizando em tamanho com a canadense Potash Corp em um mercado fragmentado e superabastecido.

REUTERS

23 de setembro de 2014 | 12h07

O negócio daria à Yara, maior produtora mundial de fertilizantes a base de nitratos, unidades de produção importante nos Estados Unidos, onde os custos são baixos devido à oferta de gás barato.

Já a CF Industries ganharia acesso ao mercado global, já que a Yara tem presença em 150 países --inclusive no Brasil-- com ativos de produção e uma ampla rede de distribuição.

A Yara alcançou a liderança no mercado de distribuição de fertilizantes no Brasil após adquirir em 2013 ativos da Bunge neste segmento.

O valor de mercado combinado da Yara e da CF, de 27,5 bilhões de dólares, colocaria a nova companhia no mesmo nível da Potash Corp, maior produtora de fertilizantes do mundo, que vale 28,9 bilhões de dólares.

A Yara disse em um comunicado à bolsa de Oslo que as negociações estão na fase inicial e que não há garantias de que resultarão em um negócio.

A empresa disse que foi obrigada a tornar a informação pública porque havia risco de vazamento das negociações. A Yara disse que espera uma conclusão rápida do processo, mas que nenhuma novidade deveria surgir nos próximos dias.

(Por Balazs Koranyi e Joachim Dagenborg)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSFERTILIZANTESYARA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.