Yield dos Treasuries longos caem a recordes com Operação Twist

Depois que o Fed prometeu comprar US$ 400 bilhões de treasuries, bônus de 30 anos apresentou a maior alta nos preços

Regina Cardeal, da Agência Estado,

21 de setembro de 2011 | 16h01

O anúncio da decisão do Fed desencadeou um forte rali nos preços dos títulos de longo prazo do Tesouro norte-americano, empurrando para baixo o yield dos papéis de dez anos para 1,854%, seu menor nível desde os anos 1940.

O bônus de 30 anos apresentou a maior alta nos preços, com consequente recuo no juro projetado, depois que o Fed prometeu comprar US$ 400 bilhões de Treasuries de prazos mais longo até o fim de junho de 2012. O yield do papel de 30 anos tocou seu menor nível desde janeiro de 2009.

Em contraste, as notes de prazo mais curto foram vendidas, uma vez que o Fed prometeu vender estes títulos para fortalecer a fatia dos longos em sua carteira. A medida, conhecida como Operação Twist, pode ajudar a empurrar para baixo o custo de empréstimos de longo prazo pelos consumidores e empresas dos EUA.

Seguindo a orientação do Fed, os investidores carregaram nas compras dos papéis com vencimento de dez e 30 anos e venderam os de dois e três anos. Isso encolheu o prêmio do yield das notes de dez anos sobre as notes de dois anos para o menor patamar desde janeiro de 2009.

Há pouco, os títulos de dez anos projetavam yield de 1,873%. A taxa do de 30 anos estava em 3,04%. As de dois anos tinham yield de 0,198%, depois de atingiram o recorde de baixa de 0,141% mais cedo. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.