Yields italianos sobem antes da cúpula da UE

Os custos do "benchmark" dos empréstimos de 10 anos da Itália bateram a maior alta em seis meses, de 6,19 por cento, em leilão nesta quinta-feira, antes da cúpula da União Europeia, onde medidas para aliviar as pressões no mercado sugeridas por Roma devem encontrar firme resistência da Alemanha.

REUTERS

28 de junho de 2012 | 08h25

A Itália vendeu 5,42 bilhões de euros em bônus de cinco e dez anos, perto do teto planejado. O yield do bônus de setembro de 2022 subiu mais do que o visto no final de maio, de 6,03 por cento.

O país pagou 5,84 por cento para vender papéis de cinco anos para junho de 2017, acima dos 5,66 por cento de um mês antes.

(Reportagem de Valentina Za)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROLEILAOITALIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.