Zapatero quer diversificação de investimentos no Brasil

O presidente do governo da Espanha, José Luis Rodríguez Zapatero, anunciou hoje seu apoio a uma segunda onda de investimentos de empresas espanholas na América Latina. Segundo ele, há disposição do investidor espanhol em fazer novos investimentos nos países da região. Ele lembrou que os investimentos espanhóis ocupam o segundo lugar na região, superados apenas pelos norte-americanos. Zapatero pediu um esforço especial dos conselheiros (diplomatas) espanhóis para estimular o avanço das pequenas e médias empresas espanholas no Brasil, assim como a diversificação de investimentos. "A Espanha tem grandes multinacionais no Brasil e agora é hora de cuidarmos da projeção das empresas de menor porte", firmou Zapatero.O presidente de governo afirmou ainda que a América Latina é uma oportunidade de negócios que não se pode deixar passar. Citando o crescimento do PIB da região, de 5,5% em 2004, e a projeção de expansão de 4% neste ano, Zapatero afirmou que esta é uma oportunidade para a exportação de toda a Comunidade Européia, principalmente da Espanha, para a América Latina. "Para a União Européia a comunidade da América Latina é uma oportunidade extrema para desenvolvimento de cooperação, comércio, integração e presença econômica", declarou.Zapatero fez o discurso durante reunião com 20 conselheiros espanhóis em um hotel em São Paulo. Nesta manha, ele tomou café da manhã com representantes de empresas espanholas que atuam na região, entre elas, Santander, BBVA, Telefônica, Iberdrola, Endesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.