Zona do euro está pronta para socorrer Espanha, diz autoridade europeia

Não existe, no entanto, nenhum plano em andamento para um resgate total ao governo espanhol, segundo ministro das Finanças de Luxembrugo; Espanha recebeu neste mês a primeira parte da ajuda aos bancos

Álvaro Campos, da Agência Estado,

24 de julho de 2012 | 13h45

NOVA YORK - O ministro de Finanças de Luxemburgo, Luc Frieden, disse que os membros da zona do euro estão preparados para responder rapidamente e ajudar a Espanha, em meio ao aumento nos custos de financiamento para o país. Mas afirma que não existe no momento nenhum plano em andamento para um resgate total ao governo espanhol. O país recebeu este mês a primeira parte da ajuda ao seu sistema bancário.

"Em épocas tão difíceis como as que nós vivemos agora, é preciso acompanhar a situação permanentemente, diariamente, e estar pronto para agir a qualquer momento", disse Frieden em uma entrevista para a Bloomberg News. "As decisões políticas no caso da Espanha, e também da Grécia, foram tomadas para que nós sejamos capazes de agir rapidamente. Isso é essencialmente importante agora e nos próximos meses", acrescentou.

O ministro luxemburguês comentou ainda que uma reunião do grupo de ministros de Finanças da zona do euro (Eurogrupo) antes do encontro programado, em setembro, não é necessária. As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
zona do euroEspanhaajuda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.