Zona do euro precisa se mover rumo a uma união fiscal, diz FMI

O governo da zona do euro deve mover-se na direção de uma união fiscal, afirmou nesta quinta-feira a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, após reunião com ministros das Finanças dos países que têm o euro como moeda oficial.

REUTERS

21 de junho de 2012 | 18h52

"O FMI acredita que uma ação determinada e forte em direção a uma união monetária completa na Europa deve ser reafirmada para restaurar a fé no sistema porque, neste momento, a viabilidade do sistema monetário europeu é questionada", disse Lagarde.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROLAGARDEZONADOEURO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.