Zona do euro volta a obter superávit em conta corrente

A zona do euro teve superávit em conta corrente em setembro, no primeiro resultado positivo em quase dois anos, gerado pela forte queda do valor dos produtos importados. Segundo dados divulgados hoje do Banco Central Europeu (BCE), o bloco monetário teve superávit em conta corrente de 500 milhões de euros em setembro, o primeiro desde janeiro de 2010, depois de um déficit de 5,9 bilhões de euros em agosto. O resultado de agosto havia sido calculado inicialmente em 5 bilhões de euros. Os dados são ajustados pelos efeitos sazonais e levam em conta o número de dias úteis de cada mês.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

21 de novembro de 2011 | 09h20

A zona do euro registrou superávit de 1,9 bilhão de euros em bens em setembro, depois do déficit de 900 milhões de euros em agosto, à medida que o valor dos bens importados despencou 4 bilhões de euros em comparação com agosto, para 144,9 bilhões de euros. As exportações caíram 1,1 bilhão de euros, para 146,8 bilhões de euros.

O bloco teve superávit de 5 bilhões de euros em serviços e de 900 milhões de euros em renda. Por outro lado, houve déficit de 7,3 bilhões de euros em transferências correntes.

Os investimentos diretos e em carteira combinados tiveram fluxo de entrada de 14 bilhões de euros em termos não ajustados sazonalmente. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.