ZOOM-Menos de um mês após contratação, Zuanazzi deixa a CVC

Durou pouco a passagem de MiltonZuanazzi, ex-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil(Anac), pela CVC, maior operadora de turismo do país. Oexecutivo, que foi anunciado em 14 de maio como diretor para aAmérica Latina, já não faz mais parte dos quadros da operadora. Segundo a assessoria de imprensa, Zuanazzi reuniu-se nestaquinta-feira com Guilherme Paulus, presidente do ConselhoAdministrativo, e Valter Patriani, presidente da CVC, paracomunicar que decidiu não continuar na empresa. A operadora nãoinforma as razões do desligamento................................................................. RESPOSTA POR E-MAIL Desde a contratação do executivo em maio, a diretoria daCVC começou a receber uma chuva de e-mails de protesto defamiliares das 199 vítimas do vôo 3054 da TAM, que morreram em17 de julho de 2007. Os textos faziam referência à ação deimprobidade administrativa do Ministério Público Federal contraZuanazzi. Na quinta-feira, por volta das 13 horas, um curto e-mailassinado por Luiza Paulus, vice-presidente do Conselho deAdministração da CVC, foi endereçado à mãe de uma das vítimas,que protestou contra a contratação. No texto, Luiza Paulus jáanunciava a saída do executivo. "O Sr. Zuanazzi não faz maisparte do quadro desta empresa", dizia o e-mail................................................................ PLANO B A Unidas, locadora de veículos controlada pelo grupoportuguês Soluções Automóvel Globais (SAG), pediu aval daComissão de Valores Mobiliários (CVM) para captar 250 milhõesde reais em debêntures. A operação está sendo coordenada peloItaú BBA. É a segunda tentativa da Unidas de acessar o mercado decapitais no país. Em fevereiro, a companhia, que tem a Localizacomo uma das principais concorrentes, suspendeu os planos deabrir o capital na Bovespa por meio de uma oferta pública deações............................................................. MICROSOFT NO CHILE A partir de 1o de julho, Luiz Marcelo Marrey Moncau, queatuava como diretor de Marketing e Negócios da Microsoft noBrasil, vai assumir a presidência da recém-criada subsidiáriada empresa no Chile. No Brasil, Moncau será substituído por Paula Bellizia, queestava na área de desenvolvimento de negócios da companhia. Segundo a Microsoft, a mudança faz parte da estratégia dereforçar a presença na América Latina................................................................. KLABIN A TODO VAPOR A partir da semana que vem, começa a operar à plena carga oProjeto de Expansão MA-1100 da Klabin. A entrada emfuncionamento da caldeira de biomassa era o que faltava paracompletar o processo de produção e elevar a auto-suficiênciaenergética da unidade. Com capacidade de 250 toneladas de vapor/hora, a novacaldeira vai reduzir o consumo de óleo combustível em 20 miltoneladas/ano, contribuindo para a redução dos efeitos degases-estufa. O projeto, aprovado em 2006, consumiu investimentos de 2,2bilhões de reais e aumentou a capacidade de produção de papelcartão de 700 mil toneladas/ano para 1,1 milhão de tonelada/anona Unidade de Monte Alegre (PR). (Com reportagem de Aluísio Alves; edição de Cláudia Pires)

CLÁUDIA FONTOURA, REUTERS

06 de junho de 2008 | 17h22

Tudo o que sabemos sobre:
ZOOMTERCEIRA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.