Nacho Doce/Reuters
Nacho Doce/Reuters

Disputa entre sócios da BRF deve chegar ao fim

Após dois meses, escolha do novo conselho de administração da BRF deve acontecer hoje

Camila Turtelli e Karin Sato, O Estado de S.Paulo

25 de abril de 2018 | 14h15

Após dois meses de disputa aberta entre seus principais acionistas, a escolha do novo conselho de administração da BRF, dona das marcas Sadia e Perdigão, deve ocorrer hoje sem grandes sobressaltos. Ontem, a gestora britânica Aberdeen retirou o pedido para que a eleição ocorresse por meio do sistema de “voto múltiplo”, no qual acionistas distribuem seus votos nos diferentes candidatos às vagas no colegiado. Com isso, a votação será feita por chapa e há apenas chapa única.

+ Pedro Parente não vê conflito em assumir BRF

A relação de nomes é encabeçada pelo presidente da Petrobrás, Pedro Parente, que substituirá Abilio Diniz no comando do conselho da BRF. A chapa é composta ainda por representantes dos fundos de pensão da Petrobrás (Petros) e do Banco do Brasil (Previ), da empresa de investimentos da família de Abilio (Península Participações), e da família fundadora da Sadia, além de executivos de mercado. Os nomes são: Augusto Cruz Filho, Dan Ioschpe, Flávia Buarque de Almeida, Francisco Petros, José Luiz Osório, Luiz Fernando Furlan, Roberto Antonio Mendes, Roberto Rodrigues e Walter Malieni Jr.

+ Presidente da BRF renuncia quatro meses após assumir

O gestor da Aberdeen no Brasil, Peter Taylor, afirmou que decidiu retirar o pedido de voto múltiplo pois ele já tinha surtido o efeito desejado, que era o de forçar os principais acionistas a chegarem a um acordo. “Agora, o caminho está muito mais claro”, disse.

+ Ação da BRF é vista como aposta de longo prazo pelos analistas

A destituição do conselho liderado por Abilio foi motivada por pedido de Petros e Previ, que estavam descontentes com os prejuízos da BRF. Com o fim da disputa, a empresa tem outros desafios, como a definição do próximo presidente. José Aurélio Drummond renunciou ao cargo que assumira há quatro meses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.