Advogados de Eike Batista entram com pedido de habeas corpus no TRF

Objetivo é a suspensão da ação penal em que o empresário é acusado de manipulação de mercado e uso de informação privilegiada por meio da negociação de ações da petroleira OGX

Mariana Durão, Agência Estado

13 de novembro de 2014 | 19h48

A defesa de Eike Batista entrou nesta quarta-feira com pedido de habeas corpus no Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região. O objetivo é suspensão da ação penal em curso na 3ª Vara Federal Criminal do Rio, em que o empresário é acusado de manipulação de mercado e uso de informação privilegiada por meio da negociação de ações da petroleira OGX.


Segundo uma fonte ouvida pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, há uma série de pedidos na petição. O pedido foi impetrado pelo advogado criminalista Ary Bergher na 2ª Turma Especializada do TRF e tem como relator o desembargador federal Messod Azulay Neto. Ele solicitou informações ao juiz federal Flavio Roberto de Souza, da primeira instância onde corre a ação penal.


Souza marcou a primeira audiência em que Eike sentará no banco dos réus para a próxima terça-feira, 18. No entanto, é possível que a audiência seja suspensa, dependendo da análise do habeas corpus.

Tudo o que sabemos sobre:
Eike batistaogxcrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.