Divulgação
Divulgação

Banco BMG desiste de abrir capital na Bolsa

A instituição apresentou à CVM pedido de desistência da sua oferta inicial de distribuição primária e secundária de ações preferenciais

Fátima Laranjeira, O Estado de S.Paulo

01 de março de 2019 | 16h06

O Banco BMG não vai abrir capital na Bolsa de Valores. A instituição apresentou nesta sexta-feira, 1.º, à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) um pedido de desistência da sua oferta inicial de distribuição primária e secundária de ações preferenciais.

Em dezembro o banco já havia pedido interrupção da análise do pedido por 60 dias, após não aceitar reduzir o preço das ações, em seu IPO. A instituição pretendia listar suas ações para negociação no Nível 1 de governança corporativa da B3.

"O mercado em geral será oportunamente informado sobre eventual decisão de iniciar novo processo de oferta pública de distribuição de ações do banco, cujo registro de companhia aberta, emissor - categoria “A”, foi obtido em 17 de dezembro de 2018", diz a instituição, em fato relevante.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.