Pic Basement/ Creative Commons
Pic Basement/ Creative Commons

Companhias devem informar remuneração de diretores até o dia 25

CVM determinou prazo após Tribunal Regional Federal da 2ª Região permitir punição de empresas abertas que não divulgarem dados

Renata Batista, O Estado de S.Paulo

14 de junho de 2018 | 16h44

RIO - A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) determinou na quarta-feira, 13, que as companhias abertas que não prestarem informações completas sobre remuneração máxima, mínima e média dos membros da diretoria e dos conselhos reapresentem o documento com essas informações até 25 de junho.

+ CVM pode punir empresa que não divulga remuneração de executivos

+ Conselheiro da Engie no colegiado da Eletrobrás pode prejudicar privatização

A determinação consta do Ofício-Circular nº 4/2018 e decorre da decisão da Oitava Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, que aceitou o recurso de apelação da autarquia e abriu espaço para a punição das empresas que não divulgam as informações nos termos do Anexo 24 da Instrução CVM 480/09.

O acórdão da decisão do TRF2 foi publicado na semana passada. Em seguida, o consultor de governança e acionista minoritário Renato Chaves protocolou no órgão um pedido para que a decisão fosse cumprida imediatamente. O ofício foi encaminhado aos diretores de relações com investidores.

+ Falta de legislação específica dificulta combate à corrupção no setor privado

A liminar que otribunal derrubou havia sido conseguida pelo Instituto Brasileiro de Executivos Financeiros (Ibef), em uma batalha judicial contra a CVM que se arrastava desde 2010. Em 2013, a Justiça do Rio negou um recurso do órgão regulador, impedido de aplicar qualquer penalidade pelo descumprimento da exigência.

O julgamento do recurso era aguardado desde 2014 e somente essa semana entrou na pauta da 8ª Turma do TRF2, para onde foi distribuído em 2015.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.