Wilton Júnior/Estadão
Wilton Júnior/Estadão

Credores da OGX decidem adiar votação sobre plano de recuperação

Discussão do plano de recuperação judicial foi marcada para o dia 17; OGX enfrenta dificuldades para obter crédito em meio a dúvidas sobre sua capacidade de gerar fluxo de caixa

Agência Estado

10 Dezembro 2014 | 16h25

Credores da OSX Brasil, uma das poucas empresas ainda sob controle do empresário Eike Batista, decidiram nesta quarta-feira adiar em uma semana uma votação sobre um plano de recuperação proposto pela companhia, segundo um advogado que participou de uma assembleia preliminar dos credores.

Os participantes da reunião, que foi realizada Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, "pediram mais tempo para discutir o plano", informou o advogado, que pediu para não ser identificado. Um novo encontro está marcado para 17 de dezembro.

Nenhum representante da OSX estava disponível para comentar o assunto.

A OSX entrou com pedido de concordata no ano passado e enfrenta dificuldades para obter crédito em meio a dúvidas sobre sua capacidade de gerar fluxo de caixa.

A votação sobre um plano de recuperação para a subsidiária de construção da OSX também foi adiada, devido à falta de credores suficientes para debater a proposta, disse o advogado.

A OSX, que tem US$ 2,7 bilhões em dívidas, revisou seu plano de reestruturação no mês passado e busca levantar R$ 63 milhões em financiamento dos credores atuais por meio de uma emissão de debêntures. Fonte: Dow Jones Newswires.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.