CVM suspende registro de companhia aberta de 11 empresas

Decisão do órgão regulador se deu porque empresas descumpriram, por um período acima de 12 meses, obrigações periódicas; todas as companhias são do Estado do Paraná e pertencem ao empresário Alexandre Souza Azambuja

Marcelle Gutierrez, O Estado de S. Paulo

05 de janeiro de 2015 | 18h44

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) informou que a Superintendência de Relações com Empresas (SEP) suspendeu o registro de companhia aberta de 11 empresas, por terem descumprido, por um período acima de 12 meses, suas obrigações periódicas.

Todas as empresas são do Estado do Paraná e pertencem ao empresário Alexandre Souza Azambuja: Ativos Brasileiros, Companhia Ferrífera Brasileira, Deluxe Motors, Drogarias Americanas, Ekoparking, EOX Energia eólica, Intellectual Services, Intercosmetic Holding, InterMultimodal, Loucos por Futebol (antiga Fosfato Brasileiro) e a Tecno Waste. Veja comunicado completo.

Inadimplentes. A CVM também informou hoje a lista de 13 companhias abertas que estão inadimplentes há mais de três meses, isto é, não enviaram no período documentos periódicos, como Formulário de Demonstrações Financeiras Padronizadas (DFP), Formulário de Informações Trimestrais (ITR) e Formulário de Referência (FRE). Na lista, aparece o nome da Refinaria Pet Manguinhos, da Brasil Foodservice Group e da Telebrás. Confira lista completa.

 

Tudo o que sabemos sobre:
governançacvm

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.