Estadão
Estadão

CVM vai cadastrar investidor estrangeiro pela internet

Órgão regulador prevê agilizar processo de concessão e cancelamento de registros por meio de cadastro online

O Estado de S. Paulo

20 Maio 2015 | 13h56

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) anuncia nesta quarta-feira, 20, nova ferramenta para atendimento ao investidor estrangeiro. Elaborado em convênio com a Receita Federal e a BM&FBovespa, o novo Sistema de Investidores Estrangeiros visa aperfeiçoar o atendimento a representantes de investidores não residentes no Brasil por meio de cadastro online.

Para eles, o sistema trará mais agilidade na realização e cancelamento de registros, alterações cadastrais e consultas à base de dados da CVM, explica a autarquia em comunicado, também ressaltando que há novas funcionalidades para a elaboração de relatórios de acompanhamento e supervisão deste mercado.

O esforço conjunto das instituições visa reduzir custos administrativos e aperfeiçoar o atendimento destes investidores que, nos termos da legislação em vigor, devem se inscrever no CPF e se cadastrar na CVM, antes de realizarem investimentos no mercado de capitais brasileiro.

Uma novidade é a ferramenta única de concessão automatizada de CPFs para novos investidores qualificados como pessoas naturais, o que "permitirá concluir, de forma imediata, o atendimento nas esferas de competência da CVM e Receita Federal para os pedidos de registro desses investidores", de acordo com a nota enviada à imprensa.

Para se cadastrar, o investidor interessado deve acessar o site da CVM e seguir o procedimento descrito. 

Mais conteúdo sobre:
CVM governança corporativa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.