Divulgação/IBGC
Divulgação/IBGC

IBGC discute os desafios da governança corporativa em congresso

Evento online terá quatro ciclos temáticos de 3 a 27 de novembro, abordando temas como a pauta ambiental e social nas empresas e a diversidade nos conselhos de administração

Heloísa Scognamiglio, O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2020 | 16h07

O Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) realiza a partir de 3 de novembro o 21° Congresso IBGC, com o tema “Governança que inspira, inclui e transforma”. O evento terá quatro ciclos temáticos semanais até o dia 27 do mesmo mês.

Os quatro ciclos abordarão os temas “Conselhos em Transformação”, “ASG - Desafios e Oportunidades”, “Evolução da Governança - Um olhar para o futuro” e “Governança ao redor do mundo”. A programação incluirá palestras e mesas redondas ao vivo com conselheiros, sessões plenárias e conteúdos gravados. 

“O congresso possibilitará aos líderes empresariais e agentes de governança parar por alguns momentos para refletir sobre as melhores práticas, analisando os exemplos apresentados e as tendências dos mercados nacionais e internacionais”, declara Adriane de Almeida, diretora de Desenvolvimento do IBGC.

Tema que ganhou força nos últimos anos, a pauta ASG (ambiental, social e governança), ou ESG, na sigla em inglês, terá um painel com a participação de conselheiros de empresas e de gestores de fundos de investimento. A diversidade nos conselhos de administração também terá espaço no congresso, que marca os 25 anos do instituto.

Pela primeira vez, o evento será totalmente virtual e a programação ocorrerá em uma plataforma exclusiva. “Também será um espaço para networking e troca de ideias, uma vez que a plataforma possibilitará que as pessoas conversem em pequenos grupos para temas específicos. O evento permitirá, para empresas de todos os portes, um amplo debate sobre essas abordagens, ampliando conhecimentos, gerando reflexões e inspirando transformações para o presente e para o futuro”, diz Adriane. 

A diretora aponta vantagens com a realização do congresso de forma virtual. “Isso possibilitou a participação de 10 palestrantes internacionais. Além disso, nesse formato, conseguimos diluir as palestras em quatro ciclos de cinco dias e não teremos eventos acontecendo simultaneamente, possibilitando uma experiência mais proveitosa”, afirma. 

Ela destaca também a importância da realização de um evento focado em governança, mesmo em meio à pandemia. “Estamos vivendo um ano sem precedentes e pode ter ficado mais difícil pensar, ao menos de forma estruturada, em governança. Mas a governança não deixou de ser vivida no dia a dia de todas as organizações durante esse período. E aquelas que estavam mais bem estruturadas e com boa governança, certamente performaram melhor e tiveram impactos financeiros menores”, defende.

Inscrições

Qualquer pessoa pode se inscrever no evento. Há dois tipos de inscrição: a “Governança que Inclui”, que é gratuita e permite o acesso a séries de conteúdo produzidas por comissões temáticas do IBGC e a transmissões de lançamentos de conteúdos exclusivos, além da rede social exclusiva do evento e da feira virtual de patrocinadores; e a “Governança que Inspira”, que é paga e permite a experiência completa do Congresso, com acesso a todos os ciclos de palestras e sessões plenárias. 

Os inscritos no modo “Governança que Inspira” receberão certificados de participação e terão acesso a conteúdos educativos disponibilizados por 30 dias após o evento. Há descontos para sócios do IBGC e para alunos de 2020 do instituto. 

As inscrições são realizadas pelo site do 21º Congresso IBGC e permanecerão abertas até o último dia do evento ou enquanto houver vagas disponíveis. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.