Mike Blake/Reuters
Mike Blake/Reuters

Microsoft lidera ranking de conselhos de administração mais inovadores da Fortune; veja lista

O conselho da empresa de tecnologia foi considerado o mais alinhado às boas práticas de gestão, ESG e diversidade

Redação , O Estado de S.Paulo

20 de abril de 2022 | 05h00

A revista Fortune divulgou na terça-feira, 19, a primeira edição do The Modern Board 25, ranking que classifica os conselhos de administração mais inovadores entre as companhias do S&P 500. A Microsoft ocupa o primeiro lugar da lista, seguida pela Hewlett Packard Enterprise, Walgreens Boots Alliance, Intel e 3M (veja o ranking completo no fim da matéria). 

A lista foi elaborada com base em um sistema desenvolvido pela Fortune em parceria com o Diligent Institute, braço de pesquisa e think tank da Diligent, empresa global de software de governança corporativa. Entre os critérios utilizados estão a experiência e a independência dos membros do conselho, a diversidade do conselho (incluindo de gênero, idade e nacionalidade) e as práticas ESG (sigla em inglês que se refere a aspectos ambientais, sociais e de governança corporativa das empresas). Foram atribuídos pontos aos critérios e as 25 companhias que aparecem no ranking tiveram as maiores pontuações. 

Segundo a Fortune, o conselho de administração da Microsoft se saiu bem na avaliação dos critérios de independência, experiência e ESG, com oito de seus doze membros representando diversidade de gênero e racial. A revista também aponta que a Microsoft terá um grande desafio depois de comprar a Activision Blizzard, já que a empresa de videogames esteve envolvida em escândalos com relação a um suposto ambiente  de trabalho tóxico. O conselho de administração da Microsoft é formado por: 

  • Satya Nadella, também Chief Executive Officer (CEO) da empresa; 
  • John W. Thompson, Lead Independente Director e, segundo a Fortune, considerado um dos mais proeminantes executivos negros no setor da tecnologia; 
  • Reid Hoffman, da Greylock Partners, também co-fundador do LinkedIn, que se juntou ao conselho em 2017, depois que a Microsoft comprou sua companhia; 
  • Hugh Johnston, Chief Financial Officer (CFO) da PepsiCo;  
  • Teri List, ex-CFO da Gap; 
  • Sandra E. Peterson, da Clayton, Dubilier & Rice, também ex-presidente global da Johnson & Johnson; 
  • Penny Pritzker, fundadora da PSP Partners e ex-Secretária de Comércio dos Estados Unidos; 
  • Carlos Rodriguez, CEO da ADP; 
  • Charles W. Scharf, CEO e Presidente da Wells Fargo & Company; 
  • John W. Stanton, presidente da Trilogy Partnerships; 
  • Emma Walmsley, CEO da GlaxoSmithKline; 
  • Padmasree Warrior, fundadora, presidente e CEO do Fable Group.

"The Modern Board 25 é a nossa lista dos mais inovadores conselhos de administração entre as companhias do S&P 500", descreve a página do ranking. "É baseada na crença de que, em um ambiente de negócios que muda rapidamente, a inovação no nível do conselho - e a alta performance que a acompanha - pode ser prevista com base em quem está na sala. À medida que as companhias buscam conduzir mudanças nas estratégias de talento, diversidade, sustentabilidade e questões sociais, elas precisarão de uma liderança mais diversificada no topo. Mas também precisarão do entendimento e da força que vêm com a experiência."

Veja quais são os 25 conselhos de administração mais inovadores, segundo a Fortune: 

  1. Microsoft
  2. Hewlett Packard Enterprise
  3. Walgreens Boots Alliance
  4. Intel
  5. 3M
  6. Baker Hughes
  7. Anthem
  8. Linde
  9. HP
  10. Amazon
  11. Newmont
  12. Automatic Data Processing
  13. CVS Health
  14. State Street
  15. Philip Morris International
  16. Healthpeak Properties
  17. Walmart
  18. Citigroup
  19. Goldman Sachs Group
  20. NortonLifeLock
  21. Best Buy
  22. PayPal Holdings
  23. Bristol-Myers Squibb
  24. Wynn Resorts
  25. Danaher 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.