EFE/Antonio Lacerda
EFE/Antonio Lacerda

'Não tenho conhecimento se corrupção na empresa acabou'

Novo presidente da Petrobrás, Pedro Parente defendeu que a companhia 'toma todas as medidas para buscar indícios'

Antonio Pita e Fernanda Nunes, O Estado de S. Paulo

02 Junho 2016 | 12h52

RIO - O presidente da Petrobrás, Pedro Parente, que tomou posse nesta quinta-feira, 02, disse não ter conhecimento se ainda há focos de corrupção na empresa. "Não posso dizer o que não tenho conhecimento. O que posso dizer é que a empresa toma todas as medidas para buscar indícios entre fornecedores e funcionários que tenham praticado ou estão praticando esse tipo de ato", afirmou.

O presidente do conselho de administração, Nelson Guedes, destacou o trabalho desenvolvido pela ex-ministra do Supremo Tribunal Federal Ellen Gracie, contratada para liderar o comitê especial de investigação. O comitê trabalha há um ano identificando irregularidades e, segundo Guedes, não há data para a conclusão do trabalho. Ele destacou ainda a atuação da diretoria de governança corporativa, de João Elek, no combate à corrupção.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.