Divulgação
Divulgação

Petrobrás divide diretoria de Governança em três gerências

Nova diretoria da estatal foi dividida em três gerências-executivas: de governança, organização e gestão; de riscos empresariais; e de conformidade

Fernanda Nunes, O Estado de S. Paulo

27 Fevereiro 2015 | 15h45

A nova diretoria da Petrobrás - de Governança, Risco e Conformidade - foi dividida em três gerências-executivas: de governança, organização e gestão; de riscos empresariais; e de conformidade. A divisão da diretoria foi apresentada na última terça-feira, dia 24, informou a Petrobrás, em comunicado oficial.

Ao todo, a diretoria de Governança conta com 362 funcionários e tem como missão identificar e analisar "o que está de acordo ou em conformidade com os requisitos e as regras de cada negócio da companhia".

A Petrobrás, no comunicado, ressaltou a afirmação do diretor João Elek ao assumir o cargo, em janeiro deste ano, de que o objetivo é "levar a empresa a se tornar referência em governança, risco e conformidade, assim como ela sempre foi referência técnica, reconhecida mundialmente, na indústria de óleo e gás".

 

Mais conteúdo sobre:
governança petrobrás joão elek

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.