Reuters
Reuters

Presidente da Monsanto anuncia saída quando a empresa for vendida para a Bayer

Hugh Grant anunciou que deixará a Monsanto assim que a aquisição for concluída

Dow Jones Newswires

07 Maio 2018 | 14h48

NOVA YORK - O presidente-executivo da Monsanto, Hugh Grant, anunciou nesta segunda-feira, 7, que deixará a empresa assim que a aquisição pela Bayer for concluída.

+ Bayer afirma que compra da Monsanto foi aprovada por autoridade antitruste da Rússia

Alguns dos outros membros que também sairão da companhia são: o diretor executivo financeiro, Pierre Courduroux; o diretor de tecnologia, Robert Fraley, e o diretor de estratégia, Kerry Preete, informou a companhia em comunicado.

Também em nota, a Bayer informou que foi selecionada uma nova equipe para liderar a divisão crop science, que atua no segmento agrícola, e confirmou a saída de Hugh Grant. O novo time será chefiado por Liam Condon, que continuará atuando no conselho administrativo da Bayer e como presidente da divisão.

Condon também é responsável pela unidade de negócios de saúde animal da empresa. Ainda de acordo com o comunicado da multinacional alemã, a equipe será responsável pelas atividades comerciais combinadas da crop science da Bayer e da Monsanto, junto a  outros 11 membros.  

O diretor executivo de operações da Monsanto, Brett Begemann, fará parte da nova equipe de liderança executiva da Bayer quando o negócio for concluído.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.