Divulgação
Divulgação

Sergio Leite é o novo presidente da Usiminas

O novo presidente da siderúrgica mineira substituirá Rômel de Souza, que ocupava o cargo desde a briga societária entre Ternium e Nippon Steel

Fernanda Guimarães, O Estado de S.Paulo

25 de maio de 2016 | 15h27

SÃO PAULO - A Usiminas acaba de confirmar Sergio Leite como o novo presidente da siderúrgica mineira, em substituição de Rômel de Souza, que ocupava o cargo desde o afastamento de Julian Eguren, ou seja, desde que eclodiu a briga societária entre Ternium e Nippon Steel, acionistas controladoras da Usiminas, conforme antecipou o Broadcast, serviço de informações em tempo real da Agência Estado.

Em seu lugar, como diretor vice-presidente Comercial, ficará Ascanio Merrighi de Figueiredo Silva, da Soluções Usiminas.

O Broadcast apurou que o placar da votação em reunião do Conselho de Administração, que ocorreu hoje em São Paulo, foi de seis a três. Votaram a favor da troca da presidência os três conselheiros indicados pelas Ternium, o do BTG, o indicado pela Previdência Usiminas e o dos Trabalhadores. Os demais foram os dos conselheiros indicados pela Nippon, que já havia se colocado contra a troca da presidência.

Os dois conselheiros indicados pela Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Gesner Oliveira e Ricardo Weiss, que participam hoje de sua primeira reunião do Conselho, após decisão judicial, se abstiveram. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.