EFE
EFE

Yellen se opõe a mudanças na estrutura do BC dos EUA

Para a presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), a estrutura atual da instituição, incluindo as 12 regionais, é adequada; Yellen, porém, disse que acataria qualquer alteração em sua governança decidida pelo Congresso

O Estado de S. Paulo

24 Fevereiro 2015 | 17h18

WASHINGTON - A presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Janet Yellen, disse que a atual estrutura organizacional da instituição, incluindo suas 12 regionais, é adequada.

Políticos em Washington estão pressionando pela aprovação de projetos de lei que afetam o Fed de várias maneiras. Um dos pontos debatidos é o que permitiria ao Escritório Geral de Contabilidade auditar as decisões de política monetária do banco central. Outra exigiria que o presidente Fed de Nova York fosse nomeado pelo presidente dos Estados Unidos e sujeito a confirmação do Senado. O presidente do Fed de Dallas, Richard Fisher, propôs limitar o poder do Fed de Nova York em diversas maneiras.

Yellen disse que o papel especial do Fed de New York é justificado pela particular especialidade e proximidade do banco com o centro financeiro do país.

"Eu acho que a estrutura do Fed funciona bem, não recomendo mudanças", disse ao Comitê Bancário do Senado.

Ainda assim, Yellen disse que o Fed é uma criação do Congresso e acataria qualquer alteração em sua governança decidida pelos legisladores. / Fonte: Dow Jones Newswires

Mais conteúdo sobre:
governança fed estados unidos janet yellen

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.