Siderúrgicas da China assinam contratos individuais para minério

Oficialmente, China rejeita modelo de contrato trimestral e os aumentos de preços em relação aos níveis do ano passado, da ordem de 100%

Marcílio Souza, da Agência Estado,

27 de abril de 2010 | 10h49

Algumas siderúrgicas da China assinaram contratos individuais para o recebimento de minério de ferro, numa base trimestral, com as fornecedoras globais da commodity, informaram reportagens dos jornais China Economic Times e China Daily.

 

O teor das reportagens é semelhante aos comentários feitos por representantes das companhias chinesas à agência Dow Jones em conferência do setor há duas semanas, de que as siderúrgicas já tinham fechado acordos privados com as mineradoras para garantir o recebimento do minério.

 

Oficialmente, a China continua rejeitando a mudança para o modelo de contrato trimestral e os aumentos de preços em relação aos níveis do ano passado, da ordem de 100%.

 

O Shanghai Securities Journal informou ontem que as siderúrgicas chinesas estão baseando seus acordos de preços não-oficiais com as mineradoras nos contratos fechados no mês passado entre a Vale e fabricantes de aço do Japão e da Coreia do Sul, que resultaram em aumento de 96,4% em relação ao nível de referência do ano passado, para cerca de US$ 110 por tonelada de minério de ferro. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
siderurgiaChinaminérioferro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.