AB INBEV: lucro líquido sobe 73,3% no 2º trimestre

O lucro líquido atribuível aos acionistas da AB Inbev subiu 73,3% no segundo trimestre de 2014 na comparação com o mesmo período do ano anterior, para RS$ 2,6 bilhões, impulsionado pelo bom desempenho de vendas de bebidas durante a Copa do Mundo de Futebol.

MATEUS FAGUNDES, Estadão Conteúdo

31 de julho de 2014 | 03h32

O lucro líquido atribuível aos acionistas foi de US$ 4,03 bilhões no primeiro semestre de 2014, de US$ 3,35 milhões no mesmo período do ano anterior.

"O forte impulso construído no primeiro trimestre do ano continuou no segundo trimestre, com o aumento dos volumes vendidos, beneficiado pela Copa do Mundo FIFA", diz o comunicado da companhia.

Os custos financeiros líquidos caíram fortemente no segundo trimestre de 2014, para US$ 382 milhões, de

US$ 1 bilhão no mesmo período do ano passado.

As receitas avançaram US$ 12,20 bilhões, de US$ 10,58 bilhões no mesmo período do ano passado. Na mesma comparação, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) normalizado avançou para US$ 4,85 bilhões, de US$ 3,89 bilhões.

No Brasil, o volume de cerveja vendida subiu 7,2%, na comparação com o mesmo período de 2013.

Tudo o que sabemos sobre:
BélgicaAb InbevLucro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.