Elise Amendola/AP Photo
Elise Amendola/AP Photo

Ação da Avon chega a subir 20%, com oferta de compra aparentemente falsa

PTG Capital Partners entregou um formulário afirmando que havia feito uma oferta de US$ 18,75 por ação para comprar a companhia

O Estado de S. Paulo

14 Maio 2015 | 17h28

NOVA YORK - A ação da Avon chegou a se valorizar 20% no meio do dia de hoje, para US$ 8, após a PTG Capital Partners entregar um formulário afirmando que havia feito uma oferta de US$ 18,75 por ação para comprar a companhia. A Avon, porém, disse que nunca recebeu essa oferta e que tampouco conseguiu confirmar a existência da PTG Capital. Uma pessoa ligada ao assunto disse que a companhia estava tratando a oferta como uma farsa.

A Comissão de Valores Imobiliários (SEC, na sigla em inglês) norte-americana estava revisando a documentação, segundo uma fonte ligada ao caso. O Wall Street Journal tentou entrar em contato com a PTG Capital ou verificar sua existência, sem sucesso. A empresa não está registrada na SEC.

O endereço informado pela empresa abrigou anteriormente a Bolsa de Valores de Londres e é agora um edifício com escritórios.

No mês passado, o WSJ informou que a Avon estava avaliando as opções, inclusive uma venda, após um esforço para uma retomada na empresa enfrentar dificuldades. Há duas semanas, a companhia divulgou mais um balanço modesto, com a queda nas vendas na América do Norte e o dólar forte prejudicando sua receita pelo mundo. Antes desta quinta-feira, a ação da empresa havia recuado 29% em 2015. Há pouco, a ação da Avon subia 0,14%, no after hours de Nova York. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
açõesbolsaAvon

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.