Ação do Itaú sobe 0,26% após pequeno lucro do 3º trimestre

As ações do Itaú mostram pouca reação ao balanço do banco divulgado esta manhã. Os papéis têm leve alta de 0,26% na Bolsa de Valores de São Paulo, para R$ 71,95 e movimentam R$ 5 milhões, até as 10h45. Em outubro, acumulam ganho de 10,61%. No setor de bancos, o próximo a divulgar resultados é o Bradesco, na segunda-feira. Essas ações hoje sobem 0,24%. O informe financeiro do Itaú trouxe lucro líquido de apenas R$ 71 milhões no terceiro trimestre do ano, após amortização integral do ágio referente à compra do BankBoston Brasil. Esse resultado significa uma queda de 94,75% em relação ao lucro do mesmo período de 2005. O banco contabilizou de uma só vez o ágio de R$ 2,598 bilhões do Boston, o que provocou um efeito líquido negativo de R$ 1,764 bilhão no resultado. Segundo o Itaú, o lucro recorrente do trimestre, sem o BankBoston, foi de R$ 1,549 bilhão, o que significa expansão de 14,57% na comparação com igual intervalo de 2005. Este valor, excluído o Boston, ficou em linha com as projeções dos analistas. A rentabilidade anualizada sobre o patrimônio líquido médio do Itaú ficou em 1,4% no trimestre após a amortização do ágio. O retorno recorrente foi de 31,6%, inferior aos 35,7% registrados no terceiro trimestre do ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.