Ações aprofundam baixa em NY e Bovespa segue junto

Os índices referenciais do mercado acionário norte-americano aprofundam a queda, em uma primeira interpretação das declarações do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Ben Bernanke. Às 11h56 (de Brasília), o Dow Jones ampliava a baixa para 0,92%, de um recuo de 0,49% antes dos comentários. O Nasdaq aprofundou seu recuo de 0,36% para 0,80%. No Brasil, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) acompanha do mercado de ações dos EUA. Também no horário acima, a bolsa paulista tinha baixa de 1,72%, aos 44.430 pontos. Em depoimento ao Comitê Econômico Conjunto do Congresso, Bernanke, disse que, apesar dos riscos para a inflação e para o crescimento, a política monetária continua direcionada de maneira a garantir expansão econômica sustentável e queda gradual dos preços. Isto sugere que, embora o sinais recentes tenham sido de avanço modesto, o Fed não está inclinado a cortar as taxas de juro em breve, especialmente com a inflação subjacente, a qual Bernanke disse estar em nível desconfortável.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.