Ações caem em NY com temor de desaceleração

Os principais índices de ações do mercado norte-americano seguem em baixa em Nova York, com os investidores reconsiderando o recente movimento de alta à luz da possibilidade da economia poder estar entrando numa desaceleração mais acentuada. Sem notícias para conter a tendência negativa iniciada ontem - depois do fraco índice de atividade do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) da Filadélfia -, os bulls (aqueles que apostam na alta do mercado) permanecem afastados do mercado. Também pesa sobre as ações o potencial impacto negativo de uma investigação do Congresso sobre a Hewlett-Packard Co. Por volta das 16h30 (horário de Brasília), as ações da HP se recuperavam e registravam um ganho de 0,49%. O setor de telecomunicações é o único a registrar um ganho mais consistente, depois que a Comissão Federal de Comunicações do governo norte-americano aprovou a aquisição da BellSouth pela AT&T. As ações da BellSouth subiam 2,07% e as da AT&T avançavam 1,89%. Às 16h40 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 31 pontos, ou 0,28%, o Nasdaq recuava 19 pontos, ou 0,86% e o S&P-500 registrava uma queda de 3 pontos, ou 0,27%. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

22 de setembro de 2006 | 16h50

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.