Ações da BR Malls estréiam em alta de 3% na Bovespa

As ações ordinárias da BR Malls estréiam em alta hoje na Bolsa de Valores de São Paulo, após leilão tradicional de início de negociação. Os papéis subiam 3% às 10h25, cotados em R$ 15,45. O volume era o maior da Bolsa, e somava R$ 50 milhões. A empresa administra cerca de 30 shoppings, como o Villa-Lobos, em São Paulo, o Center Recife, em Pernambuco, e o Del Rey, em Belo Horizonte. A oferta da empresa, com esforço de venda no exterior, saiu a R$ 15,00 - no teto do intervalo de preço sugerido - e somou R$ 605,278 milhões. A operação contempla, inicialmente, 40.351.923 ações ordinárias (ON). A distribuição conta com a colocação de Global Depositary Receipts (GDS), sendo que cada um desses recibos será representado duas ações. A oferta poderá ser acrescida de 15% (6.052.788 papéis) a título de lote suplementar. A estréia das ações estava prevista para ontem e foi adiada. O novo calendário da oferta informa que os investidores de varejo que reservaram as ações terão até o dia 10 de abril para desistir do pedido, isso porque a empresa promoveu alterações em seu prospecto. Por determinação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a companhia inclui informações mais detalhadas sobre o montante global de remuneração a ser atribuída a seus administradores, sobre a política de remuneração variável e sobre o plano de opção de compra de ações para administradores e funcionários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.