Ações da Cesp têm melhor desempenho na Bovespa

As ações preferenciais B da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) fazem sua estréia no mercado hoje com alta acelerada e emplacam, até o momento, o melhor desempenho para o primeiro dia de negócios de ofertas de papéis deste ano. Além da grande oscilação porcentual, o giro financeiro dos papéis da elétrica contribui para distorcer o volume da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) hoje, que segue muito fraco. Por volta das 15h50, Cesp PNB valorizava 18%, para R$ 17,11, com R$ 150 milhões negociados. Petrobras PN, segundo maior giro do dia, movimentava R$ 87 milhões, e caía 0,22%. A bolsa paulista negociava, naquele horário, R$ 1 bilhão e projetava R$ 1,25 bilhão. Até o momento, com a valorização nessas proporções, os papéis da Cesp apresentam o maior ganho inicial entre as ofertas deste ano, sem contar IPOs (ofertas públicas), desde a chegada ao mercado dos papéis da Localiza, em abril, cujos papéis avançaram cerca de 10% no primeiro dia de negócios. Desde o início do ano, grande parte dos papéis que chegaram ao mercado caíram no primeiro dia de negócio, com a cotação à vista buscando o preço, com desconto, fechado para a oferta. Casos de Iochpe-Maxion (-2,6%), Rossi (-2,15%), Saraiva (-2,8%) , Duratex (-2.5%), Submarino (-2,7%), Porto Seguro (-6%)ou Cyrela (-4,75%). Além de Localiza, Dasa On também subiu na "estréia", 1,17%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.