Ações da Gerdau sobem; Eletrobrás e Embraer em baixa

As ações da Gerdau sobem hoje no início do pregão na Bolsa de Valores de São Paulo, engatando um segundo dia de valorização. Os papéis estão entre as poucas reações que começam a se esboçar após a apresentação do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) pelo governo federal. Ontem, o mercado ainda digeria as medidas e a visão é de que o impacto do plano é majoritariamente neutro, sobretudo porque muitas medidas já eram conhecidas dos profissionais. Em relatório a investidores, a corretora Ágora reforçou a recomendação de compra para as ações da Gerdau, já inseridas na carteira recomendada da corretora. A Ágora destaca que a companhia é a maior fornecedora de aços longos do País, segmento que deve se beneficiar das medidas do PAC. A Ágora explica que "os expressivos investimentos" para o segmento de infra-estrutura decorrentes do PAC devem resultar em maior consumo de aço. O segmento de aços longos deverá ser o mais beneficiado, porque entre as medidas do PAC está a desoneração do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) nos perfis de aço. Já as ações da Eletrobrás continuam em reação levemente negativa às novidades. Ontem, por exemplo, nem as ações ON nem as PNB apareceram entre as mais negociadas, ou entre as principais oscilações. Hoje, Eletrobrás ON chegou a figurar na lista de maiores baixas. Para o banco de investimentos Bear Stearns, o PAC trouxe poucas surpresas no segmento de energia elétrica. Entretanto, a instituição pondera que as novidades podem ser marginalmente negativas para a Eletrobrás caso a exclusão de Angra 3 do projeto reduza as chances de que uma tarifa de equilíbrio seja atingida para seus negócios ligados à área nuclear. As ações da Embraer caem após o anúncio da oferta secundária de ações. A operação é global, com esforço de venda no exterior, e soma, inicialmente, 72.903.806 ações ON de titularidade dos acionistas vendedores (EADS, em conjunto com Previ, Sistel, BNDESPar, Dassault Aviation). A distribuição conta com a colocação de ADRs, sendo que cada recibo corresponde a quatro ações. A operação poderá ser acrescida de um lote suplementar de ações, equivalente a até 15% dos papéis inicialmente ofertados globalmente. Uma das reações do mercado a novas ofertas é a queda, para puxar os papéis para baixo, para poder recomprá-los na operação a um preço mais baixo. Às 11h45, o índice Bovespa operava em alta de 0,09%, a 43.591 pontos. As ações ordinárias da Gerdau eram cotadas a R$ 28,35, em alta de 1,15%. Eletrobrás ON caía 0,72%, a R$ 48,50. Os papéis da Embraer (ON) perdiam 1,15%, negociados a R$ 21,44.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.