Ações da Petrobrás oscilam após divulgação de plano de negócios

Após abrirem em queda, papéis da companhia avançaram com o anúncio dos investimentos previstos até 2019; mas voltaram à cair sob influência de tensão na Grécia

O Estado de S. Paulo

29 de junho de 2015 | 11h23

Texto atualizado às 13h12

As ações da Petrobrás oscilam nesta segunda-feira, 29, com a divulgação do plano de negócios da estatal para o período de 2015 a 2019 e sob influência do mercado externo, pressionado pela questão da Grécia.

A companhia anunciou que pretende investir R$ 130,3 bilhões, priorizando aportes em exploração e produção. A Petrobrás também vai vender US$ 15,1 bilhões em ativos. 

Nas cotações máximas do dia, por volta das 11h, as ações preferenciais da Petrobrás exibiam alta de 2,88%, enquanto as ordinárias subiam 2,73%.

Por volta do meio-dia a cotação virou e os papéis da Petrobrás passaram a cair. Às 13h11 a ação ON caía 3,34%, e a PN, 2,88%. O Ibovespa, no mesmo horário, registrava queda de 1,64%, aos 53.131 pontos. 

O Ibovespa também é afetado pelos temores de um calote da Grécia, que derrubaram bolsas europeias e asiáticas. 

O dólar comercial também reflete pouco o impacto visto no exterior com a situação grega. A moeda americana tem alta de 0,35%, negociada aos R$ 3,139. 

Tudo o que sabemos sobre:
PetrobrásBovespacâmbio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.