Ações da TAM reagem em alta a balanço do 2º trimestre

As ações da companhia aérea TAM sobem nesta manhã na Bolsa de Valores de São Paulo, em reação ao balanço positivo do segundo trimestre divulgado pela empresa. A companhia obteve lucro líquido de R$ 97,103 milhões no período, revertendo prejuízo de R$ 24,669 milhões apurado em igual trimestre de 2005. Às 11 horas, as ações preferenciais da TAM apresentavam valorização de 2,87%, cotadas a R$ 63,00. No mesmo horário, o índice Ibovespa subia 1,67%. A receita líquida cresceu 39%, para R$ 1,732 bilhão, e o lucro bruto fechou em R$ 588,886 milhões, com alta de 61,4%. O Ebitda (lucro antes das despesas e receitas financeiras, impostos, depreciações e amortizações) da empresa somou R$ 249,878 milhões de abril a junho deste ano, volume 980% maior no comparativo com igual período de 2005 (R$ 23,137 milhões). Nesse intervalo, a margem Ebitda saltou de 1,9% para 14,4%.

Agencia Estado,

04 de agosto de 2006 | 11h06

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.