Ações de bancos lideram alta na Bolsa de NY

As Bolsas dos EUA operam em alta, liderada pelas ações do setor financeiro. A notícia da aquisição da Chrysler Financial pelo Toronto-Dominion Bank, segundo maior banco do Canadá em ativos, alimentou a expectativa de mais fusões e aquisições no setor em 2011.

RENATO MARTINS, Agencia Estado

21 de dezembro de 2010 | 13h54

O TD Bank anunciou um acordo para a compra da Chrysler Financial da Cerberus Capital Management por cerca de US$ 6,3 bilhões. A notícia se segue ao anúncio do acordo da compra da Marshall & Isley, de Milwaukee (Wisconsin), pelo Bank of Montreal, feito na sexta-feira.

O analista Anthony Polini, da Raymond James, disse que estava demorando para que as ações do setor financeiro subissem. "É difícil entender por que os bancos estavam para trás, em relação ao resto do mercado", afirmou Polini. Para ele, a atividade de fusões e aquisições no setor deverá se intensificar em 2011, por causa das pressões causadas pelo novo ambiente regulatório e pelas dificuldades econômicas. "Muitas fusões vão acontecer ''abaixo do radar'', mas acho que poderemos passar de 8 mil bancos para 6 mil", disse.

Por volta das 13h35 (de Brasília), as ações de bancos regionais estavam entre as que mais subiam, entre elas SunTrust Bank (+2,57%) e First Midwest Bancorp (+2,24%). Entre as componentes do índice Dow Jones, os destaques eram American Express (+1,81%), Bank of America (+1,43%) e JPMorgan Chase (+2,18%).

No mesmo horário, o índice Dow Jones subia 44 pontos (0,39%), para 11.522 pontos; o Nasdaq avançava 11 pontos (0,45%), para 2.661 pontos; e o S&P-500 ganhava 5 pontos (0,44%), para 1.252 pontos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasDow JonesNasdaqaçõesbanco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.